Contabilidade tributária no Rio de Janeiro: 5 dicas de como obter uma carga tributária justa!

Contabilidade Tributaria Carga Tributaria Justa No Rio De Janeiro - Contabilidade em Itaperuna - RJ | Blog - ACP Assessoria Contábil e Financeira

Toda empresa, de qualquer modalidade de tributação, enquadramento jurídico, atividade ou tamanho, precisa lidar com Contabilidade Tributária.

Ela é um dos pilares de uma organização e trata de mais que pagamento de impostos, ajudando os gestores a definir estratégias e tomadas de decisão. 

Neste artigo, vamos mostrar 5 dicas para você conseguir uma carga tributária justa, evitando problemas com o Fisco e desperdício de dinheiro. 

Esteja sua empresa localizada no Rio de Janeiro ou em qualquer lugar do Brasil, as dicas que seguem serão valiosas para alavancar o desempenho do seu empreendimento!

O que é Contabilidade Tributária?

O conceito de Contabilidade Tributária faz parte da esfera de ciência social chamada Contabilidade. Ela administra os tributos de uma organização, incluindo ações e processos de apuração e gestão da tributação. 

Através da Contabilidade Tributária, pode-se fazer o balanço financeiro da empresa e ter noção precisa de quais impostos ela precisa pagar. 

Ademais, o conceito de Contabilidade Tributária não se resume a organizar tributos, mas à própria viabilidade do negócio. Erros no setor podem significar custos e dores de cabeça enormes para uma empresa, ainda mais na crise que o Brasil atravessa.

Veja, a seguir, 5 dicas de como ter uma carga tributária justa, sem erros e desperdícios para sua empresa.

Confira Nossos Serviços 1 - Contabilidade em Itaperuna - RJ | Blog - ACP Assessoria Contábil e Financeira

1. Atente-se ao tipo de sua empresa

O tipo de sua empresa é vital para a Contabilidade Tributária. Escolha bem, baseado em seus recursos e objetivos. 

Os tipos de empresa no Brasil são:

  1. MEI (Microempreendedor Individual);
  2. EI (Empresário Individual);
  3. EIRELI (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada);
  4. Sociedade Limitada;
  5. Sociedade Anônima.

Em relação ao porte da organização, há os seguintes enquadramentos:

  1. MEI: faturamento máximo de R$ 81.000 por ano;
  2. ME: faturamento máximo de R$ 360.000 por ano;
  3. EPP (Empresa de Pequeno Porte): faturamento máximo de R$ 3,6 milhões por ano;
  4. Sem enquadramento: sócio é pessoa jurídica ou possui atividade que não se enquadra em nenhuma classificação, de maneira que o contrato social deve ser assinado por um advogado.

2. Avalie o regime tributário

O regime tributário delimita o tipo de empresa. A partir dele, vão ser estipuladas as alíquotas de impostos que a empresa vai ter que pagar.

Os regimes tributários mais frequentes no Brasil são:

  1. Lucro Real;
  2. Lucro Presumido;
  3. Simples Nacional.

O Simples Nacional é o sistema mais simples, em que todos os impostos são pagos em conjunto.

Cuidado para não pagar mais do que deveria! Tenha uma Contabilidade Tributária eficiente e organizada, cumprindo prazos, com um planejamento financeiro orientado por um contador.

Outra coisa: o regime tributário pode sofrer alterações, atente-se a isso.

3. Cuidado com as obrigações acessórias

Qualquer empresa que pretenda estar regular diante da Lei precisa cumprir uma variedade de obrigações acessórias. E o que elas são?

Obrigações acessórias são uma parte da Contabilidade Tributária que envolve declarações mensais ou anuais com dados sobre a empresa. São enviadas aos governos Federal, Estadual e Municipal, para expor a receita efetiva, os impostos e as questões trabalhistas. 

Existem obrigações acessórias específicas para a atividade da empresa, fique atento. Como exemplos, temos LFE (Livro Fiscal Eletrônico), PGDAS (Programa Gerador do Documento de Arrecadação do Simples Nacional), DEFIS (Declaração de Informações Socioeconômicas e Fiscais, RAIS (Relação Anual de Informações Sociais), ECD (Escrituração Contábil Digital) e DIRF (Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte).

4. Use um calendário de impostos

Já falamos sobre a necessidade de cumprir prazos, que evita problemas com o Fisco que se refletem na área financeira da empresa. 

Para o Simples Nacional, é apenas uma guia mensal com todos os impostos, o DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional). Já para empresas de Lucro Presumido, são 5 guias de impostos, com vencimentos variados: 

  • ISS (Imposto Sobre Serviços);
  • Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social);
  • PIS (Programa de Integração Social);
  • CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido);
  • IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica.  

5. Contrate um bom contador

A dica mais importante é esta: Contabilidade Tributária em geral é complexa, passível de vários erros e descuidos, ainda mais se não for aplicada ao sistema MEI. 

Assim, o ideal é que você tenha orientação com um contador de qualidade e que seja de confiança, desde a abertura da empresa. Acredite: um profissional na área tributária faz muita diferença para as finanças e o desempenho da organização. Existem serviços contábeis online, que têm crescido, mas você pode preferir um contador “olho no olho”.

Não se esqueça de passar todos os dados necessários ao seu contador, de forma clara e idônea, para que ele possa seguir as normas do Conselho Federal de Contabilidade.

Esperamos que você tenha gostado do nosso conteúdo sobre Contabilidade Tributária e como ela pode ajudar sua empresa a evitar erros e desperdícios, pagando impostos com eficiência. 

Se precisar de uma boa assessoria contábil, em especial no Rio de Janeiro, entre em contato!

Summary
Contabilidade tributária - Carga tributária justa no Rio de Janeiro
Article Name
Contabilidade tributária - Carga tributária justa no Rio de Janeiro
Description
Toda empresa, de qualquer modalidade de tributação, enquadramento jurídico, atividade ou tamanho, precisa lidar com Contabilidade Tributária. Ela é um dos pilares de uma organização e trata de mais que pagamento de impostos, ajudando os gestores a definir estratégias e tomadas de decisão. Neste artigo, vamos mostrar 5 dicas para você conseguir uma carga tributária justa, evitando problemas com o Fisco e desperdício de dinheiro.
Author
Publisher Name
ACP
Publisher Logo
Menu
Recomendado
Vender é maravilhoso, e lucrar mais ainda, concorda?  Todos precisamos…
Open chat
Powered by